Dosagem para chás

cha234

A dose regular diária para os chás é 20 gramas de ervas para um litro de água. Tomam-se:

– para adultos: – 4 a 5 xícaras por dia
– para jovens de 10 a 15 anos: – 3 a 4 xícaras por dia
– para crianças de 5 a 10 anos: – 2 a 3 xícaras por dia
– para crianças de 2 a 5 anos: – 1 ou 2 xícaras por dia
– para crianças mais novas: – 1/2 xícara  ou 1 xícara por dia

As indicações citadas valem para as folhas frescas. As secas são bem mais leves, pelo que a dose deve ser reduzida para a metade. Assim, por exemplo em vez de se empregarem 20 gramas de folhas verdes, emprega-se 10 gramas de folhas secas.

Impossibilitado de ter balança, como saber esses pesos – 5, 10, 15, 20 gramas. Usará apenas  uma colher de sopa como referência:

Uma colherada de folhas verdes pesa 5 gramas aproximadamente.
Uma colherada de folhas secas pesa 2 gramas aproximadamente.
Uma colherinha (sobremesa) – líquidos = 25 gotas

Uma xícara – líquidos = 16 colheres
Um litro – líquido = 4 a 5 xícaras ou 4 copos americanos

Fazemos esta indicação para que as pessoas inexperientes no tratamento com ervas, e acostumadas a observar doseamentos exatos para remédios farmacêuticos, tenham alguma orientação. Em geral, em se tratando de plantas, a dose não necessita ser muito exata. As ervas medicinais não oferecem perigos. Boa praxe é começar com uma quantidade menor e aumentá-la, aos poucos, dia a dia. Ninguém morrerá envenenado se tomar algumas xícaras a mais ou a menos.

Para gargarejos, inalações, compressas e outros fins externos, usam-se naturalmente doses mais fortes.

Quando, ao falarmos das ervas, uma por uma, indicamos dose “regular”, ou “normal”, trata-se da proproção que acabamos de explicar. E quando necessário usar mais ou menos, será indicado a dose especial.
Mesmo quando recomendamos tomar apenas uma xícara, ou menos, de chá medicinal, indicamos a proporção em base de um litro, por achar mais prática esta indicação.

Exemplo: Se a indicação é para uma xícara de chá que deve ser preparado na base de 10 gramas para um litro de água, o paciente, que vai tomar só uma xícara, de certo saberá que deve usar apenas 2 ou 3 gramas.

O chá de ervas deve ser tomado, preferivelmente de manhã, em jejum, e à noite, antes de dormir. Bom efeito têm também quando tomados aos poucos, um gole (uma colherada) de hora em hora.
O mel tem efeito curativo. Recomendamos, portanto, adoçar o chá com mel no tratamento da garganta e do peito, para combater catarros. O mel tem bom efeito dissolvente nas obstruções várias. É emoliente, laxativo, sudorífico e depurativo.

Para resfriados, catarros, afecções da garganta e do peito, obstruções e caimbras, e para dissolver mucosidades, bem como para esquentar o corpo e provocar suadouro toma-se chás quentes.

Os chás de um dia para o outro fermentam, portanto não deve ser utilizado. Preparar diariamente a porção necessária para um dia. Também não se deve tomar o mesmo chá por tempo muito prolongado. De 10 em 10 dias, mais ou menos, é bom variar o tipo  de chá, porque o mesmo tipo, depois de algum uso, tem seu efeito diminuído.

No próximo post,  falarei sobre Cataplasma! Até!

(Esse estudo de ervas, vem  sendo feito   a mais de 10 anos, com a  ajuda de duas entidades que trabalho, um caboclo e um preto velho, eu apenas tenho a missão de ajudar e orientar outras pessoas, e repassar tudo que aprendi.) Fabiola.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s